sábado, 22 de novembro de 2014

[Opinião] A Revolta - Parte 1

Título Original: Mockingjay - Part 1

Ano: 2014 

Realização: Francis Lawrence

Argumento: Peter Craig, Danny Strong

Elenco: Jennifer Lawrence, Donald Sutherland, Julianne Moore, Philip Seymour Hoffman, Natalie Dormer, Josh Hutcherson, Liam Hemsworth, Woody Harrelson, Elizabeth Banks, Sam Claflin, Jena Malone, Willow Shields, Jeffrey Wright, Stanley Tucci, Robert Knepper.

Sinopse: O fenómeno mundial de «Os Jogos da Fome» continua a incendiar o mundo com «The Hunger Games: A Revolta - Parte 1», onde encontramos Katniss Everdeen no Distrito 13, depois de estilhaçar literalmente os jogos para sempre. Sob a liderança da Presidente Coin e o conselho dos seus amigos de confiança, Katniss estende as suas asas ao lutar para salvar Peeta e uma nação comovida pela sua coragem.





Opinião

Classificação     ★★★★   {4.8}


  Deixem-me começar esta opinião escrita dizendo que este filme não desiludiu! Está super fiel ao livro. Foi mais "lento" (se é que me percebem) que os anteriores, pelo que não teve tanta acção; porém, para quem leu o livro, como é o meu caso, já era de se esperar. Este filme retrata mais as consequências psicológicas da guerra (o trauma, os danos psicológicos, etc), as estratégias e as propagandas de guerra de ambos os lados, a rebelião, etc. O próximo filme terá bastante acção e, de certo, vai ser de uma excelência fenomenal.
   Adorei o Distrito 13, adorei a Presidente Coin (apesar de não ter gostado nada das lentes de contacto, ficou muito esquisita), e adorei a Effie, apesar de quase não estar presente no livro, esteve muito bem no filme e com saídas muito giras, mesmo típicas da Effie. Gostei muito das novas personagens - o Boggs, a Coin, a Cressida, o Castor, o Pollux, etc.

  Num nível mais estético, estava com receio que a peruca da Jennifer Lawrence se notasse muito, mas felizmente não foi esse o caso. Excepto numa cena ou outra em que se notava mais, esqueci-me completamente de que ela estava a usar peruca sequer. 

  Muitas pessoas não compreendem o porquê da divisão deste último livro em dois filmes, pensam que é meramente por motivos financeiros. Contudo, não me parece que seja esse o caso. Acho que fez muito sentido esta divisão, pois no livro, como foi escrito na primeira pessoa, apenas temos o ponto de vista da Katniss; no filme temos que ter um prisma mais alargado para apreciarmos realmente o belo enredo desta história. 

  Para mim, todas as cenas com os rebeldes foram fantásticas. Fiquei super arrepiada e ainda me vieram as lágrimas aos olhos várias vezes (a cena do hospital, da barragem, da floresta). A coragem e a determinação dos rebeldes é imensamente emocionante.

  A minha cena favorita de todo o filme foi a cena da barragem. Aquelas pessoas, a saberem que iam morrer (ou a saberem que, pelo menos, havia uma enorme probabilidade de morrerem), escolheram destruir a barragem, escolheram sacrificaram-se para limitar as defesas do Capitólio, para que a Katniss e o Districto 13 tivessem a oportunidade de acabar com o Capitólio e com o Snow. Foi a cena que mais me emocionou e na qual quase chorei mesmo. Adorei especialmente, visto que estavam a cantar todos em conjunto (pelo menos, é a idea que dá) a música cantada pela Katniss - "The Hanging Tree" (música em baixo↓), que depressa se tornou no tema da rebelião. 
Também gostei muito do detalhe daquelas cenas com a pérola que o Peeta ofereceu à Katniss no "Em Chamas".
  
  Todas as prestações foram excelentes, especialmente as de Jennifer Lawrence (por favor, dêm outro Óscar à rapariga imediatamente; ela merece!), de Josh Hutcherson e de Donald Sutherland. Adorei também a Julianne Moore e o Philip Seymour Hoffman; Contudo, custa saber que este será um dos últimos (ou até mesmo o último, não estou certa) em que o vamos ver. É uma grande pena, pois o grande PSH era um actor fenomenal.

  A banda sonora original de James Newton Howard está genial, aliás, como sempre. Adoro, também, a música principal do filme - "Yellow Flicker Beat", de Lorde (a letra é, simplesmente, brilhante). Mas a melhor música de todas deste filme foi mesmo "The Hanging Tree". E, como se a rapariga já não tivesse talento de sobra, então não é que a Jennifer Lawrence também canta, e canta lindamente. Adorei, adorei, adorei o tema da rebelião. Até dá arrepios. ♥


  Concluindo, foi uma excelente adaptação. Estou super entusiasmada para ver a segunda parte. Só não dei as cinco estrelas completas, pois essa foi a classificação que dei a "Em Chamas" e, apesar de ter adorado este filme, ficou um bocadinho aquém do anterior.

  Quem já viu, o que achou?


P.S.  -  Há uma pequena "cena" depois dos (intermináveis) créditos finais, a transição final do mimo-gaio. Foi magnífica e com bastante significado - a libertação do mimo-gaio. ♥



http://www.imdb.com/title/tt0435651/?ref_=nv_sr_1

https://www.goodreads.com/book/show/3636.The_Giver?ac=1

http://justbooksandstuff.blogspot.pt/2014/11/opiniao-giver-de-lois-lowry.html

Sem comentários:

Enviar um comentário