terça-feira, 19 de agosto de 2014

[Críticas] Outlander, de Diana Gabaldon

Outlander (Outlander, #1)Outlander by Diana Gabaldon
My rating: 3 of 5 stars

★★★☆☆ {3.5}

Sinopse:
Claire leva uma vida dupla. Tem um marido num século e um amante noutro…
Em 1945, Claire Randall, ex-enfermeira do Exército, regressa da guerra e está com o marido numa segunda lua-de-mel quando inocentemente toca num rochedo de um antigo círculo de pedras. De súbito, é transportada para o ano de 1743, para o centro de uma escaramuça entre ingleses e escoceses. Confundida com uma prostituta pelo capitão inglês Black Jack Randall, um antepassado e sósia do seu marido, é a seguir sequestrada pelo poderoso clã MacKenzie. Estes julgam-na espia ou feiticeira, mas com a sua experiência em enfermagem, Claire passa por curandeira e ganha o respeito dos guerreiros. No entanto, como corre perigo de vida a solução é tornar-se membro do clã, casando com o guerreiro Jamie Fraser, que lhe demonstra uma paixão tão avassaladora e um amor tão absoluto que Claire se sente dividida entre a fidelidade e o desejo… e entre dois homens completamente diferentes em duas vidas irreconciliáveis.
Vive-se um período excepcionalmente conturbado nas Terras Altas da Escócia, que culminará com a quase extinção dos clãs na batalha de Culloden, entre ingleses e escoceses. Catapultada para um mundo de intrigas e espiões que pode pôr em risco a sua vida, uma pergunta insistente martela os pensamentos de Claire: o que fazer quando se conhece o futuro?
Fonte


Opinião:

{ ALERTA SPOILERS }
Estava muito entusiasmada para ler este livro. Com as críticas no Goodreads bastante positivas e o trailer da série a despertar-me o interesse, resolvi ler.

Gostei, apesar de achar que podia ter sido melhor. Houve uma cena, em particular, que não gostei NADA!
O Jaime é tão bom rapazinho, tão querido e tal... até que bate na Claire para a castigar porque ela desobedeceu. Ela é o quê..? Um cão? Percebo que naqueles tempos, esta atitude era considerada normal, mas o Jamie podia ter uma mentalidade diferente.
Decidi ignorar esta parte do livro por completo porque, caso contrário, o livro estaria completamente estragado e não queria fazer isso porque o resto até foi bom.
Penso que não vão incluir esta parte na série, seria muito estúpido da parte deles.

Apesar de ter gostado da Claire, adorei a Jenny e fiquei muito curiosa com o passado da Geillis.

Vou ver a série, porque parece ser muito boa, até quiçá, melhor que o livro.

Ver outras críticas

Sem comentários:

Enviar um comentário