sexta-feira, 4 de julho de 2014

[Crítica] Ignite Me, de Tahereh Mafi

Ignite Me (Shatter Me, #3)Ignite Me by Tahereh Mafi
My rating: 4 of 5 stars

★★★★☆

Sinopse:
With Omega Point destroyed, Juliette doesn’t know if the rebels, her friends, or even Adam are alive. But that won’t keep her from trying to take down The Reestablishment once and for all. Now she must rely on Warner, the handsome commander of Sector 45. The one person she never thought she could trust. The same person who saved her life. He promises to help Juliette master her powers and save their dying world . . . but that’s not all he wants with her.
Fonte


Opinião:
Não estava nada à espera de gostar deste livro, visto que não estava a gostar muito do rumo que a série estava a levar e já tinha lido alguns spoilers deste livro.
No primeiro livro, apaixonei-me pela Juliette e pelo Adam, e adorava-os como casal. Entretanto, a relação deles tem vindo a mudar imenso durante a série. Neste livro, acabei por me apaixonar pelo Warner (coisa que eu não esperava nada de acontecesse), e por ele e a Juliette como casal. E compreendo o porquê de muitas fãs não gostarem do Adam neste livro, mas, sinceramento, eu consigo compreender o porquê dos comportamentos dele e não o culpo pelos mesmo (apesar de não ter gostado nada da maneira como ele tratou a Juliette quando a expulsou da casa dele)

Adoro a escrita da autora, Tahereh Mafi - até faz o leitor suspirar. :) E exijo ler mais sobre aquele novo mundo.

Ver outras críticas

Sem comentários:

Enviar um comentário