terça-feira, 15 de outubro de 2013

[Crítica] Chesapeake Blue, de Nora Roberts

Chesapeake BlueChesapeake Blue by Nora Roberts
My rating: 3 of 5 stars

★★★☆☆

Sinopse:
The first ten years of Seth Quinn's life were a prison of fear and neglect—until he was rescued by the Quinns: father Ray, and hot-blooded brothers Phillip, Ethan and Cameron.

Now an adult and successful artist, Seth returns home to Chesapeake Bay, to the only family he has ever known. There he meets newcomer to the town Drusilla Whitcomb Banks, but while an attraction sparks, Seth realises that she is way out of his league. Added to which, her own history has taught her not to give her heart lightly.

But Seth cannot ignore his feelings. And if he is ever to win a place in Dru's affections, he must finally face up to his own tragic past and the mother who sold him ...
Fonte

Opinião:
Este livro foi muito diferente dos anteriores, simplesmente porque se passa 19/20 anos depois do último livro.

Foi um bocado estranho, no início, ver os protagonistas dos livros anteriores já casados há imenso tempo, com os filhos crescidos, etc. Contudo, gostei. Gostei muito de ver toda a dinâmica familiar dos Quinn. :)
Tive pena de não ver mais da Grace e do Ethan. Mas, como de costume, adorei ver a relação da Anna e do Cam.

Achei, também, um bocado estranho ver o Seth já crescido, a envolver-se com alguém, etc. Ainda o via, por vezes, como o menino de 11/12 anos.

O casal protagonista deste volume... gostei. Contudo, não foi dos meus favoritos da Saga.

Apesar de todos os aspectos positivos do enredo, toda a história com a Gloria já enjoava... já estava farta daquilo. A autora podia ter arranjo outro "vilão", outro drama...

Concluíndo, gostei muito deste livro, apesar de não ser o meu favorito da Saga. Esta saga é, sem dúvida, uma das minhas favoritas da Nora Roberts e de sempre. :)


Livro favorito: #2 → Rising Tides
Classificação final da Saga: 4.5 ★★★★☆

Ver outras críticas

Sem comentários:

Enviar um comentário