quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

[Crítica] Harry Potter e a Pedra Filosofal, de J. K. Rowling

Harry Potter and the Philosopher's Stone (Harry Potter, #1)Harry Potter and the Philosopher's Stone by J.K. Rowling
My rating: 4 of 5 stars

★★★★☆

Harry Potter é um garoto cujos pais, feiticeiros, foram assassinados por um poderosíssimo bruxo quando ele ainda era um bebê. Ele foi levado, então, para a cada dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural. Pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira; maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo.
No dia do seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: Ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado,tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer, ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência a um líder natural entre os sobrenaturais. A fabula, recheada de fantasmas, paredes que falam, caldeirões, sapos, unicórnios, dragões e gigantes, não é, entretanto, apenas um passatempo.
Harry Potter conduz a discussões metafísicas, aborda o eterno confronto entre o bem e o mal, evidencia algumas mazelas da sociedade, como o preconceito, a divisão de classes sociais através do dinheiro e do berço, a inveja, o egoísmo, a competitividade exacerbada, a busca pelo ideal - a necessidade de aprender, nem que seja à força, que a vida é feita de derrotas e vitórias e que isso é importante para a formação básica de um adulto.
Fonte

Opinião:
Nunca tinha lido os livros de Harry Potter. Como vi o primeiro filme antes de sequer saber dos livros, decidi ver apenas os filmes. Mas agora que já vi todos e que a saga terminou, resolvi ler todos os livros.

O filme está muitíssimo fiel ao livro e foi muito engraçado porque, ao ler o livro, parecia que estava a ver aquela cena do filme. É claro que, apesar de ser super-fiel, o filme teve algumas diferenças do livros - principalmente as descrições físicas de algumas personagens, algumas cenas que cortaram, outras que editaram, etc. Fiquei foi triste de nunca terem colocado o Peeves nos filmes, não percebo o porquê. Eu adorei-o!

A escrita é sensacional e todo este mundo de Harry... não há palavras para descrever o quão belo é! A sério... Agora fiquei com uma vontade enorme de rever o filme. ♥

Adorei! :)

Ver outras críticas

2 comentários:

  1. Vais adorar a saga:D Beijos
    Já tou a seguir o blog

    ResponderEliminar
  2. Eu sei que sim! :)
    Mas como comecei com os filmes quando eles começaram a sair, acabei por ver só os filmes. Ainda tentei pegar nos livros, mas na altura ainda tinha muita perguiça da leitura e acabei por desistir. :P LOL E, mesmo depois, quando ganhei o gosto pela leitura, decidi acabar os filmes primeiro. Agora que já acabaram, vou ler os livros todinhos!! :D

    Obrigada pela visita ao meu blog. Adoro o teu! ;) ♥

    beijinhos,
    Joana:)

    ResponderEliminar